Felipe Cabral

1Sobre

Felipe Cabral

Ator – Roteirista – Diretor – Ativista

Carioca, de 32 anos, Felipe foi apontado em 2015 como um dos jovens mais influentes na comunidade LGBT. No portal BuzzFeed seu nome apareceu nos posts “31 militantes dos direitos LGBT para você acompanhar de perto” e “22 coisas que renovaram as esperanças do movimento LGBT“.

Roteirista da 4ª, 5ª e 6ª temporadas do programa Vai Que Cola do Multishow, também integrou a equipe de colaboradores do sucesso das 19h Totalmente Demais, da Rede Globo. Dentro da novela, Felipe foi responsável pelas sequências de homofobia e por grande parte das cenas do personagem gay Max (Pablo Sanábio).

No cinema, dirigiu três comédias: Gaydar (2012), Rótulo (2013) e Aceito (2014). Em todos os filmes, atuou, dirigiu e escreveu os roteiros. Dentre os principais festivais podemos destacar o Festival de Cannes, o Frameline San Francisco International Film Festival – primeiro festival de cinema LGBT do mundo – e o Festival Mix Brasil, mais importante e tradicional festival do gênero no Brasil. Em 2017, lançou seu curta “Você”, onde retrata uma jovem na busca por compreender a morte de seu melhor amigo, vítima da homofobia, e, em 2018, assinou o roteiro do curta “Meu Preço”. Com todos os filmes, passou por mais de 120 festivais nacionais e internacionais e conquistou 15 prêmios.

A temática LGBT se tornou seu universo de trabalho. Em 2011, escreveu e atuou na webserie “Quero Ser Solteira”. Na trama, interpretava Leozinho, o melhor amigo gay da protagonista. No ano seguinte, devido ao sucesso do projeto, realizaram uma temporada da série no Multishow, marcada pelo destaque que o beijo gay dado por seu personagem teve na mídia.

Atualmente comanda um canal no Youtube chamado “Eu Leio LGBT” onde compartilha dicas e reflexões sobre livros e filmes com a temática da diversidade sexual, valorizando novamente a representatividade LGBT agora na literatura e cinema. Pelo projeto, já mediou uma Mesa Redonda sobre literatura LGBT na Bienal do Livro do Rio e ministrou uma oficina sobre Representatividade na Literatura dentro do Rio Festival de Gênero e Sexualidade, ambas em 2018.

No teatro, seu projeto mais duradouro é o FESTU – Festival de Teatro Universitário, já em sua sexta edição. Além de assinar a direção junto com o idealizador Miguel Colker, Felipe também é o apresentador do evento, junto com algum convidado. Na quinta edição, a atriz Lorena Comparato foi sua parceira de palco e em 2016, Karina Ramil, do Porta dos Fundos.