Felipe Cabral

MESAS LGBTQ+ NA BIENAL DO RIO

2019

Mesas sobre Literatura LGBTQ+ com curadoria e mediação de Felipe Cabral.

Nesta histórica 19º edição da Bienal Internacional do Livro do Rio, pela primeira a Arena Sem Filtro contou, em sua programação, com duas mesas de debate voltadas para a literatura LGBTQ+, sendo uma exclusivamente voltada para a literatura trans. Ambas as mesas tiveram a curadoria de Felipe Cabral, que também mediou o evento. Diante de uma tentativa de censura por parte do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, a Bienal se tornou um símbolo da resistência contra a censura e a favor da liberdade de expressão. Após a mesa “Literatura Arco-Íris”, os 400 presentes saíram em marcha pela Bienal com seus livros LGBT em mãos protestando contra a censura. A representatividade foi um marco da edição.

 

#ARENASEMFILTRO:

Um espaço para todas as idades, de público a debatedores, que concentra os mais diversos assuntos em uma arena especial, com capacidade para 400 pessoas. A ideia é também refletir sobre os movimentos e as produções relacionados ao universo jovem de várias gerações, proporcionando o encontro de inúmeras juventudes.

Coordenação Curadoria: Rosane Svartman e Letícia Pires

Curador e Mediador das 2 mesas LGBTQ+ (Literatura Arco-Íris e Literatura Trans): Felipe Cabral

 

LITERATURA ARCO-ÍRIS

Convidados: Lucas Rocha, Vitor Martins, Igor Pires, Thati Machado, Vinicius Grossos e Pedro HMC

Mediador: Felipe Cabral

Devido ao sucesso da Mesa LGBT na nossa #arenasemfiltro de 2017, resolvemos voltar com a temática da diversidade sexual. Na época, nos baseamos em um livro que reunia vários autores e neste ano queremos ampliar nosso olhar. Vários livros, que falam do universo LGBT, HIV, romances, contos, poesia, tudo para criarmos um espaço de troca com nossos frequentadores onde os autores poderão falar o que os motivou a escrever cada obra e o que pensam sobre a importância da literatura LGBT para a construção de uma sociedade mais diversa e plural.

 

LITERATURA TRANS

Convidados: Luiza Marilac, Nana Queiroz, Natalia Travassos, Tarso Brant, Amara Moira e Mulher Pepita

Mediador: Felipe Cabral

Sendo o Brasil o país onde mais se mata a comunidade LGBT, e, dentro da sigla, a comunidade trans sendo a mais marginalizada e atacada, o desejo com esta mesa é dar espaço a um grupo de pessoas cada vez mais empoderadas de suas histórias e narrativas. Nos últimos anos, tivemos um aumento considerável de literatura escrita por pessoas transgêneras, a maioria não ficção, onde os autores e autoras compartilharam suas trajetórias e vivências como pessoas trans. Nosso intuito é trocar com os frequentadores da Bienal essas histórias. Através delas, trocarmos conhecimento em respeito à diversidade.

 

MANIFESTO DA BIENAL:

“A Bienal Internacional do Livro Rio é a oportunidade que temos, a cada dois anos, para nos reunir, encontrar nossos públicos, nos inspirar e debater livremente sobre todo e qualquer tema, sem restrições e com empatia. Um evento de conteúdo qualificado e diverso, reconhecido nacional e internacionalmente como o maior festival cultural do Brasil. Nos últimos dias, a Bienal se tornou um abrigo democrático, ao lado de 600 mil pessoas que prestigiaram o evento, contra as insistentes tentativas de censura. Se engana quem pensa que o alvo era a Bienal Internacional do Livro. O alvo somos todos nós cidadãos brasileiros, pois não precisamos ter quem determine o que podemos ler, pensar, escrever, falar ou como devemos nos relacionar. O brasileiro não precisa de tutor. Precisa de educação para que cada um possa fazer suas escolhas com consciência e liberdade. Foi com alívio e muito orgulho que recebemos as duas decisões de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) neste domingo (8/9) impedindo que a Bienal Internacional do Livro continuasse sofrendo assédio à literatura e aos seus leitores. Do contrário, se criaria uma jurisprudência que colocaria todos os eventos culturais, autores, editoras e livrarias do Brasil à mercê do entendimento do que é próprio ou impróprio a partir da ótica de cada um dos 5.470 prefeitos do país. Encerramos essa edição histórica da Bienal Internacional do Livro Rio com o coração cheio de orgulho e determinação. A Bienal não acaba hoje. Ela seguirá com cada um de nós todos os dias. O festival foi memorável. Deu voz e ouvidos a todos os públicos. Reuniu e celebrou a cultura junto com autores, artistas, pensadores, lideres de movimentos sociais, lideranças religiosas e muitos outros. Viva a Bienal do Livro Rio! Via a cultura! Viva a liberdade e a democracia!!”

 

SERVIÇO:

Dias 07/09 e 08/09, Sábado e Domingo, às 19h

Arena #SemFiltro – Pavilhão 4 / Verde

Riocentro – Rua Salvador Allende 6.555 – Barra da Tijuca, RJ.

 

LINKS RELACIONADOS:

> SITE OFICIAL DA XIX BIENAL DO LIVRO RIO

> RÁDIO CBN – PODCAST CIRCULANDO NA BIENAL: REPRESENTATIVIDADE IMPORTA, TAMBÉM NA LITERATURA

 

ASSISTA NA ÍNTEGRA ÀS MESAS NA ARENA #SEMFILTRO:

> MESA LITERATURA ARCO-ÍRIS

> MESA LITERATURA TRANS

 

PRÉ BIENAL

> BLAH!ZINGA – LITERATURA E DIVERSIDADE SEXUAL

> POLTRONA VIP – PAUTAS LGBTQIA+ SÃO COMPROMISSO DO EVENTO DESTE ANO

> AGITO RIO – LITERATURA E DIVERSIDADE SEXUAL NO DIA MUNDIAL DO ORGULHO LGBTQIA+

> GAY BLOG – BIENAL DO LIVRO TERÁ MESAS COM JOÃO SILVERO TREVISAN E LUISA MARILAC

> ROTA CULT – LITERATURA E DIVERSIDADE SEXUAL FAZEM PARTE DA XIX BIENAL  DO LIVRO RIO

> PÕE NA RODA – CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE DEBATES E AUTORES LGBTS DA BIENAL DO RIO NESTE FINAL DE SEMANA 

 

CENSURA NA BIENAL

> NY TIMES – TWO MEN KISS IN A COMIC BOOK, AND A MAYOR ORDER A RAID

> G1 – TOFFOLI SUSPENDE DECISÃO JUDICIAL QUE PERMITIA APREENSÃO DE LIVROS NA BIENAL DO LIVRO

> HUFFPOST BRASIL – 16 PONTOS PARA ENTENDER AÇÃO DE CRIVELLA CONTRA LIVROS LGBT NA BIENAL DO LIVRO

> G1 – FATO GRAVÍSSIMO, DIZ MINISTRO CELSO DE MELLO SOBRE CENSURA A LIVROS DA BIENAL DO LIVRO DO RIO

> EL PAÍS – NO DIA DA INDEPENDÊNCIA, BRASIL VIVE ATO DE CENSURA DE OBRAS DE TEMÁTICA GAY NA BIENAL DO LIVRO

> FOLHA DE SÃO PAULO – JUIZ QUE AUTORIZOU CENSURA NA BIENAL JÁ DISSE QUE HÉTEROS TEM DIREITO DE VER GAY COMO DOENTE

 

REAÇÕES CONTRA CENSURA

> G1 – LIVRO QUE CRIVELLA MANDOU RECOLHER SE ESGOTA NA BIENAL DO RIO

> G1 – BIENAL CHEGA AO FIM COM DEBATES SOBRE MATERNIDADE E LITERATURA TRANS

> EXTRA – APESAR DE POLÊMICAS DE RETIRADA DE LIVROS, PROGRAMAÇÃO LGBT DA BIENAL É MANTIDA

 

> FOLHA DE SÃO PAULO – GRUPO FAZ ‘STONEWALL’ EM PROTESTO CONTRA CENSURA A OBRAS LGBT NA BIENAL 

> JORNAL DO BRASIL – GRUPO FAZ ‘STONEWALL’ EM PROTESTO CONTRA CENSURA A OBRAS LGBT NA BIENAL

> GAÚCHAZH – GRUPO FAZ ‘STONEWALL’ EM PROTESTO CONTRA CENSURA A OBRAS LGBT NA BIENAL

 

> UOL – PÚBLICO DA BIENAL FAZ BEIJAÇO CONTRA APREENSÃO DE LIVROS LGBT+

> G1 – PÚBLICO DA BIENAL FAZ BEIJAÇO CONTRA ORDEM DE CRIVELLA PARA APREENDER LIVROS

 

> PLENO – SAIBA QUAIS LIVROS FELIPE NETO DISTRIBUIU NA BIENAL DO LIVRO

> CAPRICHO – BIENAL DO RIO TEM LIVROS COM TEMÁTICA LGBTQ+ DISTRIBUÍDOS DE GRAÇA

> G1 – LIVROS COM TEMÁTICA LGBT COMPRADOS POR FELIPE NETO SÃO DISTRIBUÍDOS NA BIENAL

> O DIA – COMPRADOS POR FELIPE NETO, LIVROS COM TEMÁTICA LGBT SÃO DISTRIBUÍDOS NA BIENAL

> FOLHA DE SÃO PAULO – FELIPE NETO COMPRA 10 MIL LIVROS COM TEMA LGBT PARA DISTRIBUIR NA BIENAL

> ESTADÃO – ‘MANDAMOS UM RECADO CLARO PARA A CENSURA’, DIZ FELIPE NETO APÓS DISTRIBUIR LIVROS LGBT NA BIENAL

 

> G1 – EDITORAS REPUDIAM ORDEM DE CRIVELLA PARA RECOLHER LIVRO NA BIENAL

> G1 – AUTORES E EDITORES FAZEM MANIFESTO CONTRA CENSURA NA BIENAL DO LIVRO DO RIO

> O GLOBO – AO MENOS 70 AUTORES ASSINAM MANIFESTO CONTRA CENSURA, APÓS REAÇÃO DE CRIVELLA A GIBI COM BEIJO GAY

 

PÓS BIENAL

> EXTRA – LIVRO CENSURADO POR CRIVELLA É VENDIDO POR ATÉ R$250 NA INTERNET

> EXTRA – POLÊMICA NA BIENAL AUMENTA A VENDA DE LIVROS LGBT NAS LIVRARIAS DO RIO

> FOLHA DE SÃO PAULO – APÓS CENSURA, EDITORAS ACELERAM IMPRESSÃO DE LIVROS LGBT

> UOL – ASSOCIAÇÃO LGBT MOVE AÇÃO CONTRA CRIVELLA: “ATAQUE ÀS NOSSAS EXISTÊNCIAS”

> EXAME – EM EDIÇÃO HISTÓRICA, BIENAL VENDE 4 MILHÕES DE LIVROS EM MEIO À CENSURA

> METROPOLES – CENSURA NA BIENAL: REAÇÃO ORGANIZADA MOSTRA RESISTÊNCIA NA PRÁTICA

> FOLHA DE SÃO PAULO – APÓS CENSURA, OBRAS COM TEMA LGBT PUXAM VENDAS NA BIENAL DO LIVRO

> O GLOBO – APÓS POLÊMICA NA BIENAL, AUMENTA A PROCURA POR LIVROS LGBTQI+ NAS LIVRARIAS DO RIO

> ÉPOCA – “A CENSURA É UM RISCO REAL E PRECISAMOS REAGIR”, DIZ PRESIDENTE DO SINDICATO DOS EDITORES

> BBC – ‘DEVERIA CONTRATAR PREFEITO DO RIO PARA PROMOVER MEU PRÓXIMO LIVRO’, DIZ ILUSTRADOR DE HQ CENSURADA POR CRIVELLA

> TERRA – TENTATIVA DE CENSURA AJUDA A PROMOVER LITERATURA LGBT NA BIENAL DO LIVRO DO RIO

> CAPRICHO – VINICIUS GROSSOS SOBRE CENSURA NA BIENAL: “CAÇA ÀS BRUXAS HOMOFÓBICA”

> GAY BLOG – LITERATURA TRANS FOI DESTAQUE NO ÚLTIMA DIA DA BIENAL DO LIVRO RIO

> FEMININO E ALÉM – MESMO COM INTERFERÊNCIAS A BIENAL SEMPRE É SUCESSO

 

VÍDEOS:

COM PARTICIPAÇÃO FELIPE CABRAL

> BOM DIA RIO – PREFEITO MARECELO CRIVELLA DETERMINA RECOLHIMENTO DE LIVRO NA BIENAL (EXIBIDO 06/09)

> RJ1 – LIVRO QUE PREFEITO MANDOU RECOLHER NA BIENAL DO LIVRO ESGOTA EM POUCOS MINUTOS (EXIBIDO 06/09)

> RJ2 – FISCAIS DA PREFEITURA INVADEM BIENAL PARA RECOLHER LIVRO QUE NÃO AGRADOU CRIVELLA (EXIBIDO 06/09)

 

> GLOBONEWS – ESTUDIO I: LIVRO QUE CRIVELLA MANDOU RECOLHER ESGOTA NA BIENAL DO RIO (EXIBIDO 06/09)

> JORNAL DA GLOBO – LIMINAR IMPEDE APREENSÃO DE LIVROS DA BIENAL CRITICADOS PELO PREFEITO DO RIO (EXIBIDO 06/09)

> JORNAL NACIONAL – MARCELO CRIVELLA, PREFEITO DO RIO, MANDA RECOLHER LIVRO DA BIENAL E GERA PROTESTOS (EXIBIDO 06/09)

> RJ1 – JUSTIÇA PROÍBE QUE PREFEITURA RECOLHA LIVROS LGBT NA BIENAL (EXIBIDO 07/09)

> RJ2 – NOVA DECISÃO JUDICIAL PERMITE QUE PREFEITURA RECOLHA LIVROS LGBT NA BIENAL (EXIBIDO 07/09)

> JORNAL NACIONAL – JUSTIÇA CASSA LIMINAR QUE PROIBIA PREFEITURA DO RIO DE APREENDER LIVROS NA BIENAL (EXIBIDO 07/09)

> FANTÁSTICO – ABERTURA DO PROGRAMA SOBRE A CENSURA NA BIENAL (EXIBIDO 08/09)

> FANTÁSTICO – FÃS DE QUADRINHOS, FAMÍLIA COMENTA POLÊMICA NA BIENAL (EXIBIDO 08/09)

> BOM DIA RIO – CENSURA DA PREFEITURA NA BIENAL FOI DERROTADA POR DECISÃO DO SUPREMO (EXIBIDO 09/09)

> BOM DIA BRASIL – BIENAL DO LIVRO NO RIO DE JANEIRO TERMINA COM VITÓRIA DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO (EXIBIDO 09/09)